SAT FISCAL: O que é SAT- Entenda tudo sobre essa Tecnologia

O SAT – Sistema Autenticador e Transmissor de Cupons Fiscais eletrônicos acelerou o processo para a escrituração e validação dos documentos fiscais. Atualmente as federações adotaram o NFC-e (nota fiscal ao consumidor eletrônica) com exceção do Estado de São Paulo que utiliza o CF-e SAT e do estado de Ceará, que utiliza o MFE, tecnologia semelhante ao SAT.

Até poucos anos atrás as notas fiscais eram manuais e/ou ECF (Emissor de Cupom Fiscal), até então iniciar o processo para troca definitiva para o CF-e SAT, para compreender essa mudança fiscal, é necessário saber que antigamente o processo de escrituração e apuração fiscal levava de 45 a 60 dias, sem contar o processo burocrático de realizar a leitura X e Z.

Em alguns estados como o nosso, existem programas de bonificação e estimulo aos consumidores que solicitam nota fiscal, em nosso caso, temos o Programa Nota Fiscal Paulista que reverte parte dos impostos apurados como bonificação ao consumidor solicitante, o processo e identificação é realizado pelo CPF.

No Estado de São Paulo, a tecnologia utiliza o equipamento fiscal para validar e transmitir os cupons eletrônicos, este equipamento realiza a comunicação de forma autônoma, é controlado por numero de série e obrigatoriamente vinculado ao CNPJ do Contribuinte.

Essa tecnologia permite que o cupom seja emitido e transmitido em instantes, e sua validade pode ser conferida por canais públicos, como o aplicativo De Olho na Nota.

Quem é obrigado a emitir o CF-e SAT ?

A partir de 2016, os estabelecimentos precisarão fazer a substituição também do modelo 2 de Nota Fiscal de venda ao consumidor (talão impresso em gráfica) pelo SAT Fiscal. A substituição será exigida conforme as datas abaixo:

– jan/ 2016 – empresas que faturaram R$ 100 mil ou mais em 2015, supermercados e postos de combustível

– jan 2017 – para as empresas que faturaram R$ 80 mil ou mais em 2016. O prazo para os postos de combustível acabarem com os EFCs também termina nessa data.

– jan/ 2018 – para as empresas que faturarem mais de R$ 60 mil ao longo de 2017.

 

Como Regularizar o estabelecimento para emissão do CF-e SAT ?

Para ser emissor do CF-e SAT, o estabelecimento deve ter:

– Credenciamento no SEFAZ

– Possuir um AC (Aplicativo comercial ou ERP)

– Adquirir um Equipamento SAT Fiscal

– Ter uma impressora térmica que realize impressão QR Code.

 

Detalhe sobre as etapas:

1 – Credenciamento: é obrigatório credenciamento eletrônico para a emissão de cupons fiscais eletrônicos e notas eletrônicas (CF-e SAT e NF-e), esse cadastro pode ser realizado pelo contador e/ou pelo cliente caso tenha acesso ao posto fiscal ou caso este vá presencialmente ao posto fiscal para cadastro pelo servidor.

2- Aplicativo Comercial: Sistema de Gestão de Vendas (PDV) ou ERP, que possua a função de emissor de CF-e SAT, existem variadas opções disponíveis, clique aqui e conheça nossas soluções.

3- SAT FISCAL: O equipamento SAT realiza a gestão dos cupons, no que trata sobre a validação, transmissão destes a SEFAZ estadual para que estes tenham validade fiscal.

4- IMPRESSORA TÉRMICA: Impressora térmica (impressora de recibos), tem a função apenas de realizar a impressão do cupom eletrônico, único requisito é que realize impressão do QRCode.

Como escolho os melhores equipamentos para uso?

Escolher os melhores equipamentos para a instalação em seu estabelecimento, realmente é uma tarefa um pouco mais ampla, uma má decisão na escolha pode impactar até em vendas.

Como assim impactar em vendas?

Se o equipamento foi escolhido pelo preço e não pela qualidade e aplicabilidade, por exemplo, este pode ser inadequado, imprimir numa velocidade inadequada, e até não atender as especificações do Sefaz, orgão estadual responsável no Estado, que homologa os equipamentos.

Num cenário deste, por exemplo, pode ser formada uma fila no seu caixa (checkout) desnecessária, de modo a impactar em desistências de compras, ou até por ter escolhido um software inadequado. Neste caso, sempre indicamos que leia nossos artigos sobre os melhores equipamentos de automação e sobre a melhor opção de escolha em software de automação comercial.

Os equipamentos além de impactar ou não diretamente na sua empresa, estes também dever ser duradouros, atualmente no mercado, temos diversos equipamentos de diversas marcas e garantia com recursos diferentes, indicamos que antes da analise de qual será o melhor equipamento.

Deve também levar em consideração que, quando tratamos de investimento em automação comercial temos que projetar investimento mínimo para 05 anos. Logo, não se compra equipamento a cada 06 meses ou a cada 01 ano, pois se comprássemos não conseguiríamos justificar o custo com estas aquisições.

Combinação Perfeita

Chamamos de combinação perfeita o software aliado ao hardware (equipamentos) o que trará a sua empresa o casamento perfeito, entre a demanda e a possibilidade de investimento. A partir deste pressuposto, devemos utilizar o melhor sistema de gestão que irá agilizar seus processo de vendas e automatizar os demais setores da empresa, como recebimento, MRP, compras, financeiro e expedição, para que neste contexto as informações trabalhadas sejam utilizadas com fator de decisão para futuras compras e utilizadas de forma estratégica.

Quais equipamentos devo comprar para meu comércio?

De empresa para empresa pode variar um pouco, mas os equipamentos mais utilizados são: Sat fiscal, Impressora térmica não fiscal e leitor de código de barras. Outros equipamentos podem ser utilizados, mas conforme demanda como: balanças, pinpad, verificadores de preço, entre outros. Para o estado de São Paulo, o Sat fiscal é obrigatório de acordo com as regras citadas no inicio do artigo, mas vale lembrar que todo estabelecimento deve ter um equipamento Sat fiscal, ativado como reserva, conforme:

O SAT – Sistema Autenticador e transmissor de cupons fiscais eletrônicos acelerou o processo para a escrituração e validação dos documentos fiscais. Atualmente as federações adotaram o NFC-e (nota fiscal ao consumidor eletrônica) com exceção do Estado de São Paulo que utiliza o CF-e SAT e do estado de Ceará, que utiliza o MFE, tecnologia semelhante ao SAT.

Conheça nossas soluções completas em automação comercial, ideais para seu negócio: Automação Comercial- ERPs e Equipamentos. Temos uma equipe pronta para analisar sua demanda e indicar a melhor solução de softwares e hardware disponíveis no mercado.



Deixe um comentário

0
YOUR CART
  • No products in the cart.