O WhatsApp e o Instagram pararam, mas e sua empresa também parou? Se sim, você esta cometendo um erro grave que pode prejudicar a permanência e principalmente a escalabilidade (crescimento) do seu negócio! O seu negócio e sobretudo seu cliente não podem ficar dependente exclusivamente (por mais eficiente que seja para vendas e relacionamento) das redes sociais que hoje em dia dominam o mercado. Saiba o que fazer para nunca mais ficar nessa sinuca de bico. 

 

É normal hoje em dia ver milhares de negócios que se limitam as principais redes sociais do mercado como ferramenta estratégica de vendas e relacionamento com o cliente e não que isso seja errado. Pelo contrário, nós aqui da Múltiplas e vários clientes nossos nos utilizados das mídias sociais: WhatsApp, Instagram, Facebook, assim como Twitter, LinkedIn, Pinterest, entre outras para promover e nos relacionar com os clientes, porém não nos limitamos, tendo desde o inicio ferramentas como Sistemas de Gestão, CRM, sites, Lojas Virtuais para atender os clientes com exclusividade, personalização e segurança de dados, privando sempre pela integridade e controle da gestão operacional a estratégica. 

 

Desse modo orientamos a você, empreendedor, empresário a se equipar com essas ferramentas e estruturas para que seu negócio nunca mais fique a deriva dessas redes sociais. Temos a seguir as seguintes ferramentas que você pode saber mais como contratar e implantar no seu negócio com todo apoio da Múltiplas Soluções, consultoria especialista em gestão, (CRM- Controe do Relacionamento com o Cliente) e marketing com mais de 12 anos no mercado. São essa as ferramentas de gestão para o seu negócio:

Tenha um site ou loja vritual:

Crie um site ou loja virtual para o seu negócio. Isso é importantíssimo para manter e escalar seu negócio. Criamos sites personalizados, administrativos e e-commerce integrados a sistema de gestão e com inteligência de vendas e geração de leads.

 

Sistemas de gestão, também conhecido pela siga ERP (Enterprise Resource Planning), que significa “Planejamento dos Recursos da Empresa”, é responsável por administrar e organizar todas as informações que são imputadas, e utilizando-se de sua estrutura completa e 100% integrada, realiza funções e emite informações necessárias para os usuários realizarem suas tarefas e utilizar estas informações para tomadas de decisão.

Para saber qual o melhor sistema para a gestão de sua empresa é necessário primeiro conhecer alguns pontos:

Esses questionamentos são essências para que uma consultoria especializada em gestão possa definir qual ferramenta será utilizada, e só então realizar a devida indicação, acompanhar a contratação, realizar a implantação da ferramenta, fornecer treinamento adequado e qualificado e ainda realizar a medição dos resultados, através de visitas e relatórios de acompanhamento específicos para seu segmento.

Segundo estudo do SEBRAE publicado em Outubro/2020 a taxa de mortalidade de que era de 45,8% em 2016 caiu para 24,4% em 2020, isso se deve em grande parte pela criação da nova categoria fiscal no Brasil o MEI (Micro Empreendedor Individual), no mesmo estudo o SEBRAE simula o mesmo cenário só que sem o MEI, veja os números: a taxa em 2008 de 45,8% cai apenas para 44,6% e isto não é significativo, já que o SEBRAE aponta que um dos principais fatores para o alto índice de mortalidade das empresas como a falta de planejamento e estrutura das empresas.

Dentro desta falta de planejamento podemos elencar com facilidade os pontos carentes na gestão de uma empresa como:

Estes e outros pontos são administrados e demonstrados com facilidade em relatórios de controle aos quais os softwares atuais de gestão são capazes e estão prontos para fornecer estes relatórios em alguns cliques.

Atualmente, os ERP- Sistemas de Gestão integrado dispõe, em sua maioria, de recursos completos, sendo:

Normalmente é essa estrutura que um sistema de gestão empresarial terá em sua composição, caso desconfie, e é importante ressaltar que este seja integrado, pois não fará sentido ter em sua empresa um sistema, que irá “burrocratizar” a sua empresa, o termo usado na linguagem coloquial significa que irá burocratizar o processo administrativo com uma ferramenta inapropriada, irá causar em sua empresa o efeito contrário a proposta de um sistema de gestão oferece a empresa atualmente.

Todo processo realizado dentro do ERP deve se comunicar com outros setores e criar links para ilustrar vejamos o exemplo: Quando a empresa realiza uma venda a um cliente fisicamente, nem sempre os responsáveis reparam e interpretam todas as ações, porém numa venda há alteração no cadastro, porque o cliente é cadastrado e identificado, há alteração em estoque, pois o produto será dado saída na logística/expedição, haverá lançamentos fiscais já que há a necessidade de efetivar a venda, e posteriormente há também o lançamento financeiro, já que com a venda gerou uma receita para a empresa.

Agora imagina se esse processo não conversasse dentro do sistema? Pois bem. isso acontece quando tenta realizar a administração da sua empresa seja ela pequena, média ou grande de modo manual, através de anotações diários em formulários de pedidos e até em caderninhos.

Além dessas questões importantes, você deve saber quais são os melhores sistema de gestão do mercado, entre eles estão: MarketUPTagPlusConta AzulOmieTyniPDV Seven, e todos eles estão no portfólio de ERP’s da Múltiplas Soluções.

Agora que já conhece um pouco sobre sistemas de gestão e como funcionam, vamos conhecer nosso trabalho como Consultoria Especializada em Gestão e conhecer nosso portfólio de ERP’s ? Clique no link e saiba mais: Sistema de Gestão – Múltiplas Soluções

 

 

 

 

Nesse artigo você vai saber como treinar sua Equipe de Vendas para melhorar o atendimento, satisfação dos clientes e é claro, alavancar as vendas de sua empresa.

Se você líder ou gestor de vendas está buscando tendências em treinamento para vendedores, ou de alguma forma se relaciona com essa área comercial, provavelmente deve ter reparado algumas questões importantes:

Desse modo, o treinamento da equipe comercial é um diferencial que a empresa pode adotar para superar as outras organizações, deixando o cliente satisfeito e alavancando as vendas.

Apesar de perceber a concorrência acirrada, muitas empresas não sabem como se comportar frente a essa situação e nem de que forma devem treinar os seus funcionários para que se sobressaiam na hora da venda, principalmente os vendedores B2B (ou vendas complexas ou de alto valor) .

Vamos dar dicas valiosas para te ajudar a treinar o seu time de vendas para atender bem o cliente, confira:

1- Como treinar o Time de Vendas para atender bem? 

Treinamento e atualização de ferramentas: tecnológicas e processos

Sempre existem oferta de treinamentos, workshops ou mesmo palestras fornecidas por parceiros ou mesmo entidades ou empresas de consultorias empresariais como o Sebrae, ACSP, Fecomercio, Endeavor ou a própria Múltiplas Soluções,  entre outras entidades que são fonte de grande conhecimento e novidades sobre estratégia comercial.

É importante lembrar que a internet fornece um universo informações, por isso, um diferencial do negócio é comentar para o cliente a respeito de fatos que ele não encontra em uma simples pesquisa no computador. Como aquele algo a mais do produto ou serviço com bom custo-benefício ou um serviço aliado a entrega da venda.

Para tanto, a importante fonte de atualização é  pós-venda feito com clientes ativos que já tem uma boa percepção dos seus produtos e que são fontes verídicas de informações para melhoria contínua.

2- Ofereça treinamento em formato de Cursos on-line

Fornecer aos vendedores treinamento em formato de cursos on-line é uma ótima opção para qualificá-los. Esse modelo de capacitação pode ser mais barato e ter um facilitador: o horário. Como o curso ocorre de maneira virtual, normalmente cada pessoa tem a liberdade para assisti-lo no horário que melhor se encaixar em sua rotina diária.

Esse benefício ao funcionário se torna uma grande vantagem para a organização também, pois ela não corre o risco dos profissionais estarem em curso no mesmo momento em que a agência tenha uma demanda grande de atendimentos.

Além disso, existem diversos assuntos a serem explorados, como atendimento ao cliente, planejamento estratégico, aumento de vendas etc. Cada área pode ser direcionada para a finalidade de cada colaborador dentro da organização.

3- Treinamento Interno da equipe de vendas

Uma dinâmica que foi bem colocada em prática ainda quando trabalhava como gestor com Marketing de Experiência, foi a de pesquisar e apresentar uma palestra falando sobre um produto ou mesmo como uma proposta diferente de abordar o cliente com técnicas de vendas.

Desse modo você acaba por disseminar o conhecimento de um colaborador para o outro, ainda de melhorar dicção, oratória e poder de persuasão de todos os vendedores.

 

4- Palestras e seminários

As palestras e seminários costumam trazer assuntos atuais. Por isso, dedicar um tempo dos funcionários a elas é uma excelente ideia para qualificá-los. Esse tipo de evento costuma ocorrer em um tempo mais curto do que os cursos, o que pode facilitar a rotina corrida da agência.

É possível dividir a equipe por assuntos e dias, e revezar a ida dos funcionários. O ideal é planejar para que em reuniões da empresa as informações que cada colaborador absorveu nas palestras sejam disseminadas entre todos os colegas, proporcionando assim uma maior vantagem competitiva à agência.

Plataforma on-line com materiais gratuitos

Criar uma plataforma compartilhada entre todos os profissionais é uma ideia que não demanda muito dinheiro e de fácil acesso, dentro ou fora da empresa. A finalidade desse meio de comunicação é que haja uma interação entre os membros da agência e a troca constante de informações.

Muitas vezes, durante o expediente, não há muito tempo disponível para que ocorram essas trocas entre um grande grupo, por isso, a plataforma pode ser uma boa ferramenta auxiliar.

A ideia é que todos os funcionários alimentem a plataforma com artigos, vídeos, posts de blog e redes sociais sobre todos os assuntos que sejam relevantes para a empresa. Esse treinamento “informal” não tem prazo para acabar, e deve ser nutrido e vivenciado diariamente.

Reuniões e discussões diretas

Grande parte das vezes, os gestores quebram a cabeça para encontrar maneiras de qualificar a equipe e oferecer ao cliente um bom serviço, que exceda as suas expectativas. Os cursos, palestras, seminários e treinamentos são ótimas opções para atingir esse objetivo, e a grande dica aqui é escutar os profissionais.

Muitas vezes, a empresa contrata um curso sem conversar com os colaboradores. Nesses casos, há um grande risco dos funcionários já dominarem o assunto que será tratado no curso ou, então, que ele não seja realmente relevante para a rotina de trabalho.

Por isso, o indicado é que haja reuniões e discussões diretas entre os gerentes e a equipe. A finalidade é que o planejamento de cursos e qualificações seja discutido em conjunto entre a empresa (que é a parte que vai proporcionar o conhecimento) e o profissional (que é quem vai receber e ser o responsável direto por colocar em prática).

Organize as reuniões dentro de certo período de tempo e decida, junto dos profissionais, quais são os principais temas que eles têm interesse em participar. É importante ressaltar que essas perguntas podem ter respostas individuais, então o gestor deve saber analisar as respostas e pesar o que é mais interessante para a empresa.

 

5- Alguns temas relevantes para o Treinamento da Equipe Comercial 

Por fim, para guiar você para um caminho mais claro, separamos alguns assuntos que podem ser focados e repassados nos treinamentos, para oferecer aos profissionais de vendas uma maior qualificação. Confira:

Atendimento ao cliente;

Técnicas de vendas;

Importância do pós-venda;

CRM e funil de vendas;

Dicção e oratória;

Comportamento em redes sociais;

Novidades digitais do mercado;

Aplicativos destinados a viagens.

Manter a empresa atualizada quanto às novidades do mercado é o primeiro passo para que ela tenha um lugar de destaque. A organização deve utilizar todos os meios que tem disponível a seu favor.

Investir em treinamento de equipe, então, não pode ser classificado como uma despesa e, sim, como um investimento que, com certeza, vai gerar retorno de médio a longo para a empresa. Além disso, os profissionais quando percebem que estão sendo treinados e valorizados tendem a trabalhar com maior dedicação e afinco.

6- Porque contratar uma Consultoria para Treinar  sua Equipe de vendas?

Somos especialistas em treinamento de equipes comercial e atendimento com grande expertise nessa área.

A Múltiplas Soluções atua de forma criteriosa para identificar a partir de um diagnóstico eficiente as necessidades de treinamento e competências a serem desenvolvidas, a partir disso isso elaboramos o treinamento personalizado para sua empresa.

Nosso diferencial entretanto, é que focamos em todo processo de treinamento, criar uma experiência única e memorável para o cliente, pois o mercado esta cheio de empresas fazendo a mesma coisa, vendendo os mesmos produtos e serviço e você para ser líder de mercado, precisa se destacar da maioria.

Para isso é preciso criar algo diferenciado que estimule os 5 sentidos do seu cliente (Marketing de Experiência ou Sensorial) , desse modo ele com certeza será fidelizado, pois você criou um vinculo emocional com ele.

Saiba mais sobre nossos treinamentos: https://multiplassolucoes.com.br/services/treinamento-de-equipe/

O nome CRM corresponde a sigla Customer Relationship Management, que traduzido é o mesmo que Gestão de Relacionamento com o Cliente. Estamos falando de um conjunto de práticas, estratégias de negócio e tecnologias focadas na melhoria do atendimento que, desde pequenas até grandes empresas podem utilizar para analisar as relações com seus clientes, prever suas necessidades e desejos, otimizar a rentabilidade e aumentar as vendas.

Atualmente temos um mercado altamente competitivo e sobretudo um público cada vez mais exigente e bem informado, uma vez que os clientes têm acesso a inúmeras fontes de conhecimento sobre produtos e serviços, grandes anseios e expectativas que precisam ser identificadas e antecipar para melhor atende-lo. Desse modo entender o perfil de cada cliente, identificar suas “dores” e como “saná-las” se torna essencial para segmentar as ações de marketing e de atendimento com excelência ao cliente.

Em resumo o CRM é uma estratégia de negócio com o foco no cliente. Ou seja, as ações da empresa ficam voltadas para as necessidades dos clientes, ao invés dos próprios produtos ou serviços. Tal estratégia engloba as áreas de marketing, vendas e serviços de atendimento.

Não confunda a estratégia com os Sistemas de CRM (as soluções tecnológicas, como o Agendor, Salesforce, [Tiny – ERP com CRM] etc), que permitem a aplicação mais eficaz da estratégia de CRM.

O CRM armazena informações de clientes atuais e potenciais – nome, endereço, número de telefone, etc –, e suas atividades e contato com a empresa, incluindo visitas a sites, ligações telefônicas, e-mails, entre outras interações. Entretanto, a plataforma não é apenas uma lista de contatos elaborada: ela reúne e integra dados valiosos para preparar e atualizar suas equipes com informações pessoais dos clientes, histórico e preferência de compras.

O que torna a solução de CRM uma das tecnologias corporativas mais importantes e inovadoras disponíveis para empresas é o modo como ela usa as informações dos clientes para gerenciar contas, leads e oportunidades de vendas em um único local.

Para que você possa entender melhor como o CRM pode lhe ajudar melhorar o seu relacionamento com o cliente, gerar novos clientes e mais lucros, siga essas instruções:

1- Entenda o Objetivo do CRM – Conhecer melhor o meu cliente para atende-lo bem

Primeira regra de ouro para valorizar a elaboração da estratégia de um CRM é que você precisa entender muito bem quem é o seu cliente, seus hábitos, pensamentos, necessidades e desejos para então criar estratégias para direcionar todas as ações em prol de suprir e fideliza-lo. Se você não fizer isso o seu concorrente o fará, na verdade já esta fazendo e consequentemente seus clientes estão indo para lá, porque se você não sabe o que o seu cliente precisa e não “personaliza” o seu atendimento, ele procurará sempre por algo melhor.

2- Qualquer Tipo de Empresa precisa de um CRM

Não importa se sua empresa é um barzinho, uma padaria de esquina ou mesmo um hotel de luxo, todo tipo de negócio precisa entender bem sobre seu cliente e para o isso criar a estratégia de um CRM e até mesmo ter um sistema de CRM para organizar a gerenciar todo atendimento com o cliente é superimportante. Quanto mais informações você tiver do seu cliente, melhor poderá atende-lo e até mesmo superara suas expectativas encontrando outras formas e soluções de fazê-lo se sentir bem e realizado.

Lembre-se se sentir bem com um atendimento e mesmo com a compra de um produto que proporcione, alegria, realização, conquista, prazer ou mesmo entretenimento, não tem preço. Desse modo você não precisa ficar brigando por preço porque o cliente sempre compara algo que ele não percebe o valor agregado, então se você criar valor para o seu produto, o preço se torna indiferente.

3- CRM deve ser envolver o Marketing, Comercial e Atendimento ao Cliente

Pense sempre que essas áreas, marketing, comercial e atendimento são como o começo, meio e fim (de modo cíclico) que sempre estão interligadas e funcionando juntas interagindo com o cliente. Nesse sentido é necessário que todas elas conversem e alimentem uma as outras com informações (insigts) sobre as demandas, comportamento e novos hábitos dos clientes para que se possa alterar/corrigir e reeducar tanto vendedores, atendentes quanto o próprio cliente.

Essa interação com o cliente deve ser feito sempre e na medida que for identificado novos hábitos ou mesmo gargalos entre o processo que impactam diretamente o atendimento ao cliente e sua percepção com o produto ou serviço, deve ser revistas ou mesmo redesenhado. O objetivo é criar um fluxo assertivo e que além de atrair e conquistar mais clientes, deve dar subsídios para manter o cliente fidelizado e apaixonado pela marca.

4- É importante ter um Sistema de CRM para Otimizar todo o seu Processo

Uma vez entendido o objetivo de ter um fluxo do gerenciamento do cliente, é fundamental que toda empresa tenha um software CRM para otimizar todo processo desde o primeiro contato com o cliente até o feedback do pós-venda. No mercado tem diversas opções dentre elas a Múltiplas Soluções trabalha com Angedor e o Salesforce  que são sistemas de CRM focados para fazer toda a gestão do relacionamentos com o cliente.

          

Sistemas CRM ajudam a organizar todas as informações e processos dos clientes, desde simples cadastros de dados até relatórios de desempenho de vendas feitas, perdidas, standby, feedback de clientes e histórico de todo relacionamento de cada cliente. Entre em contato conosco para saber mais: https://multiplassolucoes.com.br/contato/

5- Busque ajuda de empresas especializadas para lhe ajudar com o CRM

Se você não tem conhecimento em como otimizar o gerenciamento de clientes, o ideal é buscar a orientação de uma empresa especializada para não perder tempo e dinheiro com um projeto mal implantado e que em vez de te ajudar vai te trazer mais problemas. A Múltiplas Soluções é especializada em consultoria em gestão comercial e marketing na orientação e implantação de CRM e sistemas de gestão como o Tiny ERP que além de gerir todos processos tem também CRM integrado.

 

É isso pessoal espero ter ajudado no entendimento do que é um CRM e que de alguma forma ter contribuído para o sucesso de seu negócio. Para saber mais informações sobre a consultoria de marketing o ou comercial, acesse o link: Consultoria em Marketing ou Consultoria em Vendas .

 

Múltiplas Soluções consultoria – Promovendo Negócios de Sucesso!

Neste artigo você vai saber como escolher o melhor Sistema de Gestão Empresarial para o meu negócio? Para isso vamos entender um pouco para que serve um sistema de gestão empresarial. Um sistema de gestão online, é um aliado mais poderoso para a gestão da empresa, é por meio dele que são controlado todos os processos da empresa, quanto a organização, acompanhamento, controle, planejamento e o mais importante – a tomada de decisão.

Sistemas de gestão, também conhecido pela siga ERP (Enterprise Resource Planning), que significa “Planejamento dos Recursos da Empresa”, é responsável por administrar e organizar todas as informações que são imputadas, e utilizando-se de sua estrutura completa e 100% integrada, realiza funções e emite informações necessárias para os usuários realizarem suas tarefas e utilizar estas informações para tomadas de decisão.

Para saber qual o melhor sistema para a gestão de sua empresa é necessário primeiro conhecer alguns pontos:

Esses questionamentos são essências para que uma consultoria especializada em gestão possa definir qual ferramenta será utilizada, e só então realizar a devida indicação, acompanhar a contratação, realizar a implantação da ferramenta, fornecer treinamento adequado e qualificado e ainda realizar a medição dos resultados, através de visitas e relatórios de acompanhamento específicos para seu segmento.

Segundo estudo do SEBRAE publicado em Outubro/2016 a taxa de mortalidade de que era de 45,8% em 2008 caiu para 24,4% em 2012, isso se deve em grande parte pela criação da nova categoria fiscal no Brasil o MEI (Micro Empreendedor Individual), no mesmo estudo o SEBRAE simula o mesmo cenário só que sem o MEI, veja os números: a taxa em 2008 de 45,8% cai apenas para 44,6% e isto não é significativo, já que o SEBRAE aponta que um dos principais fatores para o alto índice de mortalidade das empresas como a falta de planejamento e estrutura das empresas.

Dentro desta falta de planejamento podemos elencar com facilidade os pontos carentes na gestão de uma empresa como:

Estes e outros pontos são administrados e demonstrados com facilidade em relatórios de controle aos quais os softwares atuais de gestão são capazes e estão prontos para fornecer estes relatórios em alguns cliques.

Atualmente, os ERP- Sistemas de Gestão integrado dispõe, em sua maioria, de recursos completos, sendo:

Normalmente é essa estrutura que um sistema de gestão empresarial terá em sua composição, caso desconfie, e é importante ressaltar que este seja integrado, pois não fará sentido ter em sua empresa um sistema, que irá “burrocratizar” a sua empresa, o termo usado na linguagem coloquial significa que irá burocratizar o processo administrativo com uma ferramenta inapropriada, irá causar em sua empresa o efeito contrário a proposta de um sistema de gestão oferece a empresa atualmente.

Todo processo realizado dentro do ERP deve se comunicar com outros setores e criar links para ilustrar vejamos o exemplo: Quando a empresa realiza uma venda a um cliente fisicamente, nem sempre os responsáveis reparam e interpretam todas as ações, porém numa venda há alteração no cadastro, porque o cliente é cadastrado e identificado, há alteração em estoque, pois o produto será dado saída na logística/expedição, haverá lançamentos fiscais já que há a necessidade de efetivar a venda, e posteriormente há também o lançamento financeiro, já que com a venda gerou uma receita para a empresa.

Agora imagina se esse processo não conversasse dentro do sistema? Pois bem. isso acontece quando tenta realizar a administração da sua empresa seja ela pequena, média ou grande de modo manual, através de anotações diários em formulários de pedidos e até em caderninhos.

Além dessas questões importantes, você deve saber quais são os melhores sistema de gestão do mercado, entre eles estão: MarketUPTagPlusConta AzulOmieTyniPDV Seven, e todos eles estão no portfólio de ERP’s da Múltiplas Soluções.

Agora que já conhece um pouco sobre sistemas de gestão e como funcionam, vamos conhecer nosso trabalho como Consultoria Especializada em Gestão e conhecer nosso portfólio de ERP’s ? Clique no link e saiba mais: Sistema de Gestão – Múltiplas Soluções

 

Escrito por: André Alexandre – Consultor de Gestão e negócios

______________________________________________________________________________

Fonte:

[1] SOBREVIVENCIA DAS EMPRESAS, SEBRAE. Disponível em https://www.sebrae.com.br/Sebrae/Portal%20Sebrae/Anexos/sobrevivencia-das-empresas-no-brasil-102016.pdf .

O post de hoje, abordará como as estratégias de Marketing Digital estão sendo banalizado e muito confundidas com o universo de Marketing, ou seja do que é a essência e tudo o que abrange: suas ferramentas, praticas e métodos.

Para tanto é interessante conceituarmos e identificarmos a diferença entre um e outro:

Segundo Philip Kotlher, Marketing é a ciência e a arte de explorar, criar e entregar valor para satisfazer as necessidades de um mercado-alvo com lucro. Marketing identifica necessidades e desejos não realizados. Ele define, mede e quantifica o tamanho do mercado identificado e o potencial de lucro. 

Já o Marketing Digital é  o conjunto de estratégias voltadas para a promoção de uma marca na internet. Difere-se da propaganda tradicional por envolver o uso diferentes canais online e métodos que permitem a análise dos resultados em tempo real. Dentre as suas principais estratégias estão o SEOInbound Marketing e o Marketing de Conteúdo.

Ultimamente, é comum nos depararmos com insistentes abordagens utilizadas por agências de marketing web, insinuando ser esta a ferramenta definitiva para alcançar o sucesso na divulgação de produtos e serviços. Sem dúvida, é a ferramenta ideal quando pensamos em estratégia digital, porém há outros fatores que determinam a eficiência do marketing em seu âmbito maior.

Sabemos, por experiências anteriores, que a fórmula do sucesso do marketing é a mesma do seu fracasso. E como isto é possível? Simples, adotar a mesma estratégia vencedora de uma outra empresa, poderá não surtir efeito em outras organizações.

Tudo isso porque o mesmo não deve ser restrito apenas à divulgação. Deve levar em conta todas as variáveis que influenciam no comportamento de compra do seu mercado-alvo.

Como exemplo, podemos citar situações onde a campanha on-line consegue aumentar o tráfego em um site ou loja virtual, mas o índice de conversões, ou seja, de vendas consolidadas não acompanha o aumento do número de visitantes.

Este é um caso típico de falha na avaliação das variáveis mercadológicas. Portanto, antes de investir nas mirabolantes táticas de divulgação on-line, busque uma compreensão, não apenas como forma de divulgar sua empresa, produto ou serviço, mas como uma poderosa ferramenta de gestão empresarial, que envolve também pessoas, processos e comportamentos.

Profissionais dessa área que respeitam e se interessam em ajudar os clientes são aqueles que, antes de sugerir estratégias de marketing on-line, fazem uma análise criteriosa de todas as variáveis mercadológicas, dentre as quais podemos citar: Produto (ou serviço), preço, distribuição, promoção e pessoas, além de outras como: cultura, legislação, concorrência, comportamento, consumidor, etc.

A este pacote de serviços, damos o nome de Diagnóstico de Marketing, onde todas as variáveis são analisadas criteriosamente e ordenadas num cenário completo, que possibilita a adoção da estratégia mais adequada ao seu negócio. Empresas de sucesso se fazem com estratégias bem sucedidas.

E, a despeito do que muitos pensam, isso não é exclusividade de grandes empresas. Pequenos e médios negócios também podem usufruir de tais serviços junto a consultorias especializadas, sem a obrigatoriedade de gastar fortunas em recursos, nem contratar funcionários especializados. Porém, antes de buscar uma consultoria nessa área, atentem bem à formação e ao perfil dos consultores responsáveis.

A Múltiplas Soluções conta com profissionais experientes e com grandes conhecimentos em Marketing para ajudar a sua empresa a vender e divulgar adequadamente seus produtos e serviços. Garanta que sua empresa tenha o produto/serviço certo, pelo preço certo, para o consumidor certo, no lugar certo e na hora certa. Entre em contato conosco.

Nossos preços são acessíveis para pequenas e médias empresas. Também trabalhamos com uma equipe campeã no marketing digital. Conheça nossas soluções em Marketing: Consultoria em Marketing  ou acesse o link e nos enviei uma mensagem: Formulário de contato

O que faz uma Consultoria Empresarial? Para muitas empresas o serviço de empresa de consultoria é ainda uma grande incógnita. A maioria pensa que contratar uma consultoria é somente para grandes empresas ou mesmo empresas que estão falindo, pois entende-se que seria a última opção.

O que é Consultoria Empresarial?

Vemos o que significado de Consultoria empresarial a luz de Orlickas, 1998:

“Consultoria é o fornecimento de determinada prestação de serviços, em geral de um profissional qualificado e conhecedor do tema, provido de remuneração por hora ou projeto, para um deteminado cliente.” Orlickas, Elizenda – Consultoria Interna de RH, conceitos, cases e estratégias – SP: Makron Books, 1998.

O conceito de consultoria empresarial se refere a uma atividade especializada onde um profissional qualificado e com ampla experiência no mercado, que orienta a partir de um diagnóstico (análise criteriosa) e prescreve (como um médico) sobre qual é a melhor forma de resolver o problema.

Para que você entenda melhor, vamos usar o exemplo do serviço de um médico. Quando você vai ao médico, ele te examina, diagnostica a sua doença e lhe indica qual remédio você tem que tomar para melhorar. Além disso, ele te orienta sobre quando e como tomar o remédio. Tem também o tempo de repouso que você precisará para ficar totalmente curado. Do mesmo modo, o consultor é um grande especialista para cuidar da saúde da sua empresa. Quando você busca serviço de consultoria para sua empresa, você esta buscando ajuda para identificar os problemas (dores) do seu negócio e após isso obter orientação de como é possível solucionar.

Tipos de Consultoria Empresarial

Mas não é só isso, da mesma forma que existe médicos de diferentes especialidades, do mesmo jeito existe consultorias especialistas em áreas distintas, como: consultoria de gestão empresarial, consultoria financeira, consultoria em marketing, entre outras áreas. Cabe a você, como empresário saber qual área esta precisando mais de uma consultoria. Vou te dar exemplo de algumas áreas de especialidade das consultorias:

Uma consultoria especialista em gestão empresarial pode te ajudar a entender melhor as necessidades da gestão do seu negócio, mapeando todo fluxo do processo operacional (workflow), identificar os gargalos ou lacunas do processo para então lhe ajudar a desenhar o melhor fluxo operacional. Além disso essa consultoria pode ajudar a profissionalizar a sua gestão, torná-la mais estratégia, redesenhar sua hierarquia para tornar sua empresa mais flexível, eficiente e menos burocrática, visando maior fluidez nos processos – do operacional a diretoria estratégica.

O papel da consultoria em marketing é ajudar a você empresário a entender o ambiente em que a sua empresa está inserida, os desejos dos clientes e a forma de si diferenciar da concorrência e conquistar mercado, essas são algumas das atribuições das soluções de Marketing. Para tanto, a consultoria terá que usar todo know-how para entregar um serviço que de fato promova a sua marca e produtos no mercado, de maneira que aumente seu market share (fatia do mercado).

Esse tipo de consultoria é sempre bem vindo, pois qual empresa não quer estruturar e profissionalizar sua equipe de vendas para alavancar seus negócios e ter maior % de vendas fechadas. Geralmente essa área é uma das mais procuradas para treinamentos rápidos por empresas que trabalham com equipes de vendedores/representantes que lidam direto com outras empresas, é o chamado B2B (business-to-business).

Se trata de um processo de venda mais complexo com um fluxo onde começa na prospecção e termina no fechamento, para não dizer pós-venda que é também uma etapa bem importante. Desse modo esse consultor irá orientar sue equipe comercial sobre as melhores práticas de como atrair o cliente, elaborar uma proposta, apresentação e técnicas de negociação. Assim você terá mais êxito no CRM e melhores resultados em vendas.

Se trata de uma empresa de consultoria segmentada no core business do negócio (área fim da empresa cliente), em um ramo especifico da cadeia produtiva, que pode ser consultoria em turismo, ou em A&B, logística, comércio exterior, etc. Ou seja, essas consultorias escolheram como estratégia, centralizar seu foco em apenas um nicho de mercado e com isso muitas vezes até apresentam melhores e especificas soluções por conhecerem de fato o mercado em que os clientes delas atuam.

O conceito mais bonito e singelo, esta nas belas palavras de Peter Becker “A consultoria em sua melhor forma é um ato de amor: o desejo de ser genuinamente útil aos outros. Usar o que sabemos, ou sentimos, ou sofremos no caminho para diminuir a carga dos outros.” Isso é para nós o que nos move a cada dia para fazermos o melhor!

Bem, de um modo geral, acredito que conseguimos esclarecer as principais características de um trabalho de consultoria e se você percebeu que sua empresa precisa de algum desses serviços, acesse nosso site e conheça as soluções que temos nas áreas de gestão empresarial, marketing, vendas, palestras treinamentos e consultoria em turismo. Acesse e saiba mais: https://multiplassolucoes.com.br/servicos/

0